Filipa Maia

Instagram Feed

    Como escolher um nicho de negócio e porque precisas de o fazer?

    Neste artigo, vou explicar-te porque é que é importante tomares uma decisão, o mais rapidamente possível, em relação ao teu nicho de negócio e como podes fazê-lo.

     

    Também podes ver o vídeo:

     

    A escolha do nicho é um tópico muito importante nos negócios. Muitas pessoas com quem contacto – quer clientes, quer outras pessoas com quem falo sobre negócios – apresentam uma grande resistência no que diz respeito à escolha de um nicho de mercado. Eu própria também já senti o mesmo no passado. Na maior parte das vezes, a justificação que dão para esta resistência é o facto de serem pessoas com múltiplos interesses e múltiplas capacidades. Como tal, dizem não ser capazes de se definir como “só uma coisa” nem conseguirem colocar-se “dentro de uma caixa”.

     

    Motivos para escolheres o teu nicho

    Então, porque é que é importante fazeres esta escolha e porque é que é importante que o faças o mais rapidamente possível?

    1. Credibilidade

    A escolha de uma área de especialização vai trazer-te credibilidade. Isto tornará a escolha dos teus potenciais clientes mais fácil e mais óbvia. Se fores altamente especializado numa determinada área, quem estiver interessado num profissional dessa área em concreto mais rapidamente te vai escolher a ti, que és especialista, do que outra pessoa, mais generalista e que faça de tudo um pouco.

    Vamos tomar como exemplo a área do marketing digital, que é tão abrangente. Imagina que estou a querer otimizar o SEO do meu site e vou procurar profissionais que me possam ajudar com isto. Será que me vou sentir mais confiante a escolher um especialista em SEO ou a escolher um especialista de Marketing Digital que, dentro do Marketing Digital, faz de tudo um pouco? Com certeza que, se eu tiver o meu objetivo bem definido, vou escolher o especialista em SEO. E o mesmo se passa em relação a outras áreas de atuação. O mesmo se eu quiser alguém para gerir os meus anúncios, por exemplo. Ou seja, vou procurar alguém que seja especialista em anúncios e não alguém que faça de tudo um pouco.

    A área do coaching é também uma área com excelentes exemplos disto mesmo. Se eu vou à procura de um coach, à partida é porque tenho um desafio específico na minha vida. Ora, se encontrar um profissional que ajuda pessoas a ultrapassarem esse desafio específico que eu enfrento neste momento, vou sentir-me muito mais confiante com essa pessoa do que contratando um coach que não tem área de especialização e que trabalha com todo o tipo de pessoas.

    Esta questão da credibilidade e de te tornares a escolha óbvia para o teu cliente é a primeira vantagem de escolheres um nicho, uma área de especialização específica.

     

    2. Comunicação

    A partir do momento em que te tornas especialista numa determinada área, a tua comunicação torna-se mais fácil, pois sabes exatamente de que é que estás a falar. Além de não te perderes no meio de uma infinidade de assuntos sobre os quais podes falar, a tua comunicação torna-se muito mais clara e específica. Com este tipo de comunicação, acabas por conseguir chegar mais facilmente às pessoas certas.

     

    3. Compreender o cliente

    Vais conseguir identificar os teus potenciais clientes muito bem, vais saber quem é que eles são, que desafio têm à sua frente neste momento, qual a transformação que pretendem nas suas vidas ou nos seus negócios. Vais conseguir compreender muito melhor a pessoa que tens do outro lado. Se, pelo contrário, fores generalista e não tiveres uma área de especialização, praticamente qualquer pessoa pode ser teu cliente e vai ser muito mais complicado conseguires compreender e falar a linguagem do teu cliente ideal.

     

    4. Preços

    Ao posicionares-te como especialista numa determinada área vais conseguir praticar preços mais elevados sem com isso perderes negócio. A isto está associada a credibilidade, porque mesmo que os teus preços sejam mais elevados do que os de um possível concorrente, tu resolves um problema específico e concreto e, como tal, será mais evidente para o teu cliente escolher-te a ti, mesmo que o teu preço seja um pouco mais alto.

     

    Quero ainda deixar-te algumas notas sobre algumas ideias erradas que as pessoas têm em relação à escolha de um nicho.

    No que se refere à justificação que muitas pessoas dão de não serem capazes de escolher um nicho porque têm múltiplos interesses, é preciso deixar claro que tu não és o teu negócio. Tu és muito mais do que o teu negócio. Nem tudo aquilo que tu és precisa de estar dentro do teu negócio. Não estamos a falar de te restringires a ti própria, de te colocares dentro de uma caixa. Estamos a falar em estabelecer limites somente àquilo que fazes dentro do teu negócio.

    Além disto, podes ter mais do que um nicho de atuação. Não recomendo, no entanto, que tenhas mais do que 2 ou 3 nichos diferentes para que não se torne confuso, quer para ti, quer para os outros. Também chamo a tua atenção para a importância de desenvolveres cada um destes nichos em diferentes momentos. Começa por te focar num e quando já tiveres credibilidade e com o negócio em andamento podes, então, começar a apontar numa outra direção. E as pessoas que trabalharam contigo no primeiro nicho vão reconhecer a tua credibilidade naquele segundo nicho também, pois já conhecem a tua reputação e a tua forma de trabalhar.

    Para além disto, podes também escolher formatos diferentes para trabalhar nichos diferentes. Eu, por exemplo, tenho um formato diferente para trabalhar um outro nicho dentro do meu negócio: o formato de membership para trabalhar o desenvolvimento pessoal. Apesar de o meu foco principal ser negócios online, tenho este formato diferente para uma outra área. E isto também foi desenvolvido em alturas diferentes.

    Para acrescentar ainda mais profundidade a tudo isto e ao teu negócio, podes ter ainda um formato diferente para esse outro nicho e que não esteja visível para o público em geral. Ou seja, teres um nicho que é uma oferta apenas para quem já conhece o teu trabalho e já trabalhou contigo. Isto não precisa de estar visível no teu site ou nas tuas redes sociais, até para não confundir os teus potenciais clientes.

    Outra nota que quero deixar neste tópico dos nichos tem que ver especificamente com o coaching.

    Esta pode ser uma questão um pouco polémica na área do coaching. Eu sei que todas as pessoas que já fizeram uma boa certificação em coaching aprenderam que, no coaching, não há distinção entre o que se pode fazer e as diferentes áreas em que se pode trabalhar. As ferramentas são as mesmas em qualquer área da vida. Portanto, um coach, idealmente, deverá saber aplicar as ferramentas que tem na sua pasta a qualquer área da vida, situação e objetivo.

    No entanto, numa perspetiva de marketing esta não é a melhor estratégia. Não estamos a dizer que um coach especialista em determinada área só saberá trabalhar nessa área. Aliás, em teoria, um coach deverá ser capaz de trabalhar todas as áreas, até porque tem as ferramentas necessárias para isso. O que é importante aqui é que, em termos de comunicação e de marketing, em termos daquilo que eu represento e daquilo que é a minha marca, aí, sim, eu devo conseguir focar-me numa área muito mais específica.

     

    Então e como é que podes descobrir qual é a área de especialização ideal para ti?

    A minha primeira recomendação é que não penses demasiado no assunto.

    Depois, para te ajudar, tenho duas questões para ti e acredito que as tuas respostas te vão indicar por onde deves começar.

    Acredito também que só quando te colocares em ação é que vais perceber se essa área de atuação é ou não a ideal para ti.

    As perguntas que te proponho são:

    1. O que é que te faz vibrar? O que é que, dentro da tua área de atuação, dentro de tudo aquilo que podes fazer, te faz vibrar?
    2. O que é que é fácil para ti? O que é que fazes sem dificuldade?

    Depois de responderes a estas questões já terás mais claro por onde podes começar. E, então, é executar. Passo após passo, com a tua ação, vais obtendo clareza, quer estejas no caminho certo ou quer precises de redirecionar. Sem ação é que será difícil chegares a uma conclusão 100% certa sobre qual deverá ser o teu nicho.

     

    Já tens a tua área de especialização ou ainda enfrentas alguma dificuldade com esta escolha? Conta-me qual é o teu desafio.

    Escolher um nicho de negócio é uma decisão importante e não te limita nem às tuas diversas capacidades. Eu explico-te como podes escolhê-lo e porquê.

    O que tens a dizer sobre isto? Deixa um comentário