Filipa Maia

Instagram Feed

    Como criar um negócio e ter um emprego a tempo inteiro

    criar um negócio e trabalhar

    Manter a gestão de um projeto em part-time – que tanto pode ser um negócio como um projeto criativo -, quando ainda tens um negócio a tempo inteiro, pode ser muito desafiante.

     

    Podes ver o vídeo aqui:

     

    Foi assim que eu comecei e sei como é necessário fazer algum malabarismo que nos exige foco, determinação e muita organização.

    Então, com base na minha própria experiência, reuni algumas estratégias para quem está nesta situação, com um trabalho a tempo inteiro e um projeto paralelo em simultâneo. Se este é o teu caso, recomendo-te que experimentes as minhas sugestões e vejas quais funcionam melhor contigo.

     

    1. Avaliação

    Analisa quais são as tuas reais prioridades. O teu projeto paralelo é mesmo importante para ti? Está alinhado com os teus valores individuais?

    Se as tuas respostas a estas questões forem positivas, acredito que vais conseguir gerir o teu tempo para conseguires levar o teu projeto adiante e fazê-lo crescer. Se, pelo contrário, as tuas respostas forem negativas, talvez devas repensar o teu projeto e procurar algo que faça mais sentido para ti e esteja totalmente alinhado contigo.

    Se ainda não sabes quais são os teus valores individuais, podes saber como os descobrir neste vídeo. Também falei sobre valores individuais neste episódio do meu podcast.

     

    2. Organização

    Usa uma ferramenta de calendarização para organizares o teu tempo. Eu usei o Google Calendar e bloqueei todos os períodos em que estava a trabalhar a tempo inteiro, bem como os tempos de deslocação. Além disso, bloqueei ainda os meus horários de sono. Se tiveres um ritual matinal ou, até, idas ao ginásio, também devem ir para o calendário. Assim, vais ter uma noção muito clara de quais são, realmente, os teus períodos livres.

     

    3. Rotinas

    As rotinas não têm de ser rígidas e devem ser adaptadas a cada um de nós. Quer seja dedicares 2 horas, de segunda a sexta, ao teu projeto ou dedicares os sábados, o importante é criares uma rotina para saberes que, naqueles momentos, vais estar focada nisso. Criar uma rotina vai-te permitir manteres mais facilmente uma atividade constante relativamente ao teu projeto. Aliar a criação de rotinas à calendarização de blocos de tempo que referi acima, vai tornar toda esta gestão muito mais fácil.

     

    4. Comunicação

    Ainda que possa ser tentador manteres tudo em segredo, a verdade é que o nosso grau de compromisso aumenta quando sabemos que os outros sabem o que andamos a fazer.

    Quando trabalhamos completamente isolados, sem comunicarmos o nosso projeto, podemos conseguir obter resultados, mas vai ser mais complicado mantermos o compromisso.

    Ao comunicares aquilo que estás a fazer, mesmo que ainda estejas numa fase muito inicial ou até que o faças de forma anónima, como eu comecei por fazer, isto vai ajudar-te a ir reunindo à tua volta pessoas interessadas no teu trabalho e no teu projeto que, aos poucos, irão formar a tua audiência.

     

    5. Porquê

    Tem sempre muito presente a razão pela qual estás a trabalhar neste projeto.

    Se ainda não identificaste esta razão, pensa um pouco sobre isso. Porque é que estás a trabalhar neste projeto? É uma motivação pessoal? É porque tem que ver com os teus valores? É porque queres criar algum tipo de impacto no mundo? É porque queres expressar a tua criatividade? E qual é a visão para o futuro deste projeto? Pretendes torná-lo em algo significativo? Pretendes um dia dedicares-te a 100% ao teu projeto? O que queres alcançar a médio e longo prazo?

    É o teu porquê que te vai dar energia para levares o teu projeto para a frente.

    Para responderes a estas questões e manteres presente o teu porquê, podes usar o Journaling, escrevendo frequentemente sobre estas questões ou, então, podes fazer exercícios de visualização, em que imaginas tudo aquilo que queres alcançar.

     

    Estas são as minhas sugestões, e tu, tens mais alguma recomendação para partilhares comigo? Que outras estratégias usas, ou já usaste, para gerires o teu tempo entre um trabalho a tempo inteiro e um projeto paralelo?

     

    Há pessoas que se dedicam à criação dos seus negócios e projetos e, ao mesmo tempo, mantêm um emprego. Como é que se pode gerir bem o tempo para tudo?

    One Comment

    • Ângela

      Olá Filipa. Esta é realmente a minha situação. Ou seja,tenho um full time job, dedico-me ao meu projeto nos tempos livres. E para isso, tive de criar uma estratégia, uma rotina que me permitisse organizar e gerir o meu tempo disponível. Por vezes o cansaço supera-me, é inevitável. Mas, comecei a perceber que faz parte e que nem tudo corre como planeado. Os planos também servem para isso, para poderem ser alterados e adaptados à situação. Desde há uns meses tenho mesmo muita certeza de que é pelo projeto que quero continuar a trabalhar, quero que seja o meu full time job futuro. E tenho trabalho mais a finco no projeto nesta quarentena (aproveitar que estou em casa a trabalhar) e sim, feito muito journaling. Ajuda muito! Mesmo! Às vezes pode parecer que estamos a perder tempo a escrever e a pensar, organizar. Mesmo que demore tempo. Mas depois, quanto mais leio e mais estudo, mais sinto sintonia nestes processos todos e em como estou alinhada (penso eu!) com o que quero. sinto que talvez esteja no caminho certo! acredito nisso!

    O que tens a dizer sobre isto? Deixa um comentário