Erros no negócio online

 

Fico triste sempre que me deparo com pequenos negócios que estão a cometer estes erros no mundo digital. E fico triste porque sei que poderiam estar a conseguir muito mais se mudassem apenas estas três coisas, que nem são assim tão complicadas.

 

1 – Não tens um website

Este é provavelmente o erro mais grave no digital.

 

“Mas tenho uma página no Facebook, não chega?” pergunta normalmente quem não tem um site.

 

Não, não chega!

 

O teu website é a tua montra, é a ferramenta que mais potencial tem para mostrar ao mundo quem és e o que fazes. Lá podes apostar num design que seja apelativo ao teu cliente ideal e podes apostar em conteúdos fortes. Podes fazer um bom trabalho de SEO para que mais potenciais clientes te encontrem e mergulhem no teu mundo.

 

Num website podes dar aos visitantes muitos mais detalhes sobre os teus produtos ou serviços e sobre quem é a tua marca e o que ela representa, podes encaminhá-los para as tuas outras redes sociais, podes (e deves) publicar regularmente conteúdos que sejam úteis para quem te acompanha.

 

Com um website podes ter um feed RSS para que as pessoas facilmente consigam acompanhar os teus conteúdos se gostarem do que estás a fazer, enquanto que o Facebook, como todos já sabemos, apenas mostra as tuas publicações de forma orgânica a uma percentagem muito reduzida dos teus seguidores.

 

Além disso, podes ainda convidar os teus visitantes a subscreverem a tua newsletter para que possas facilmente entrar em contacto com eles. Sim, também podes colocar um formulário para subscrição da tua newsletter no Facebook, mas aí terás de confiar que as pessoas visitarão esse separador específico da tua página, e quantas achas que o farão? Poucas, pois.

 

Mas espera, não estás preocupado com isso porque não tens uma newsletter? Então passemos ao segundo erro…

 

2 – Não tens uma newsletter

Claro que o segundo erro é não ter uma newsletter. Como assim, ainda não tens uma newsletter?

 

Mas vamos por partes.

 

Já alguma vez reparaste no número de pessoas que consegues atingir com uma publicação no Facebook (se não investires dinheiro a promovê-lo)? Pois, não são muitas.

 

Também já deves ter notado a quantidade de vezes que o algoritmo muda, normalmente para dar menos exposição ainda às páginas?

 

Além disso, e se os teus seguidores começarem a fartar-se do Facebook e deixarem de o consultar?

 

Estes mesmos argumentos podem ser válidos para as restantes redes sociais. Mas com uma newsletter ficas com o contacto direto do teu potencial cliente, as taxas de abertura das campanhas são muito superiores ao alcance das publicações nas redes sociais e ainda tens a possibilidade de fazer coisas muito interessantes, como segmentar os teus contactos, enviar sequências de emails automáticas e até iniciar uma conversa direta em privado com qualquer subscritor.

 

3 – Não tens uma estratégia de conteúdos

Sim, o conteúdo é rei, como se costuma dizer, mas sem uma estratégia adequada não te vai levar longe. Os teus conteúdos precisam de:

– cumprir objetivos

– usar um tom de voz consistente com a personalidade da marca e direcionado ao teu cliente ideal

– ser alvo de análise de resultados.

 

Tudo isto é fundamental para que os teus conteúdos de tragam resultados. A criação de conteúdos é algo que dá trabalho, exige tempo e recursos, e publicar só por publicar significa que apenas vais andar a perder o teu tempo.

 

Por outro lado, se tiveres uma boa estratégia, os conteúdos podem trazer-te um público atento, interessado no que tu tens para partilhar, que cria uma relação de muito maior proximidade contigo e que, por isso, está muito mais pronto para comprar o que tu tens para vender.

 

 

Percebo que possas ainda não ter tratado disto por falta de tempo ou até por falta de conhecimentos tecnológicos para o fazer. Mas a verdade é que não precisas de ser tu a fazer tudo no teu negócio. Talvez as horas que terias de despender para executar tudo isto sirvam melhor o teu negócio se forem aplicadas noutras coisas que tu fazes melhor e é por isso que deves delegar. Se também tu estás a cometer um destes erros, corrige-o o quanto antes!

 

Vejo muitas vezes pequenos negócios a cometerem estes erros no seu negócio e no marketing online, principalmente coaches. São coisas não muito difíceis de corrigir, por isso trata disso o quanto antes!

4 thoughts on “Os 3 maiores erros que podes estar a cometer no teu negócio online

  1. Simples e esclarecedor! Parabéns. Não conhecia o site e gostei bastante. Sobretudo da linguagem clara e directa, sem muitos estrangeirismos que tanto se usa nesta área.

O que tens a dizer sobre isto? Deixa um comentário