Filipa Maia

Instagram Feed

    O maior erro que podes estar a fazer na tua marca

    erro na marca

     

    Há um erro que vejo muitas pessoas a cometer, quer sejam pessoas que querem começar o seu negócio, quer mesmo pessoas que até já têm o seu negócio em funcionamento.

    Este erro, apesar de, provavelmente, não destruir o teu negócio, vai-te impedir de avançar e progredir e, com tal, não vais conseguir fazer o teu negócio crescer.

     

    Também podes ver o vídeo:

     

    Refiro-me ao erro de copiar aquilo que os outros fazem.

    Atenção, não me estou a referir a plágio. Estou, sim, a referir-me à cópia de certos aspetos do negócio de outra pessoa – modos de funcionamento, modelos de negócio, tipos de conteúdo e/ou a forma como esses conteúdos são apresentados, serviços e/ou a forma como são apresentados e estruturados.

    A tendência de muitas pessoas que têm negócios próprios, e não estão a obter os resultados que queriam, é olhar para o que outros empreendedores andam a fazer. Quando veem esses outros empreendedores a obter aquilo que parecem ser bons resultados, escolhem fazer igual na tentativa de obterem esses mesmos resultados.

    Contudo, o que funciona com os outros não é, necessariamente, aquilo que irá funcionar connosco. Muito pelo contrário, em vez de copiarmos, aquilo que temos de fazer é trabalhar de forma alinhada connosco mesmas e não simplesmente fazendo aquilo que os outros fazem.

    Outro aspeto muito importante é também termos noção de que não temos acesso a toda informação sobre o negócio daquela outra pessoa – por exemplo, quais os números envolvidos (afinal, é mesmo de números que se trata), que investimento está a fazer (em tempo e dinheiro), quais são os seus resultados reais -, pelo que não temos a certeza se aquilo que nos é dado a conhecer corresponde totalmente à realidade.

    Portanto, o maior erro que podemos cometer é assumir que outro empreendedor está, de facto, a ter bons resultados quando, afinal, não temos forma objetiva de saber se isso está mesmo a acontecer.

    Então, como deves definir aquilo que fazes dentro da tua marca?

    • Ouve a tua intuição, aprende a escutá-la e percebe por que caminho ela te guia
    • Descobre os teus valores e alinha ao máximo tudo o que envolve a tua marca com esses teus valores
    • Percebe quais são as tuas maiores forças e constrói o teu negócio de forma a que possas aproveitá-las ao máximo
    • Alinha o teu negócio com a tua essência: vê tudo aquilo que te apaixona e te faz vibrar como uma bússola que te aponta o caminho certo e está atenta a isso.

    Quando começares a dar atenção a estas coisas, vais então começar a ver resultados que, agora, te parecem impensáveis.

     

    Já pensaste sobre estas questões?

    Partilha comigo qual é uma das tuas maiores forças e como a podes aplicar no teu negócio.

     

    Vejo muitas pessoas a cometer este erro. Descobre qual é o erro na tua marca que impede o teu negócio de crescer e que te vai deixar fora de alinhamento.

    O que tens a dizer sobre isto? Deixa um comentário